Pavio curto: 3 dicas para controlar explosões de raiva

Pavio curto

Se você tem pavio curto e não consegue controlar as suas explosões de raiva, este artigo será um guia sobre como colocar um ponto final nesse problema.

Perder o controle e explodir emocionalmente acaba trazendo diversas consequências negativas para você e todos aqueles que estão a sua volta. Por isso é indispensável buscar uma solução definitiva.

As 11 Leis Para Conquistar uma Mulher ..... DOWNLOAD GRÁTIS!

O que significa ter pavio curto

Também conhecido como controle explosivo intermitente, trata-se de uma falha no gerenciamento de emoções, desencadeando comportamentos agressivos.

Todos nós ficamos chateados e com raiva por diversas razões, mas a pessoa explosiva tem dificuldade em dosar o nível de raiva com a ação. Nesse sentido, a sua reação é sempre exagerada e acaba provocando espanto nas pessoas a sua volta.

Leia também: Como ficar calmo em situações estressantes

Ter pavio curto pode te prejudicar de várias maneiras

As consequências negativas da impulsividade podem ser facilmente percebidas em todas as esferas da vida.

  • Relações profissionais;
  • Relacionamentos amorosos;
  • Amizades;
  • Aumento do seu nível de estresse;
  • Ganho de peso;
  • Diminuição na qualidade de vida;
  • Patologias físicas e mentais.

Assim sendo, o seu autodesenvolvimento, qualidade de vida, saúde física e mental dependem da sua capacidade de lidar com comportamentos explosivos.

Alguns sintomas do pavio curto

O mais aconselhável é que o diagnóstico seja feito por um profissional psicólogo ou psiquiatra. De todo modo, confira alguns sintomas que indicam um possível problema no gerenciamento das emoções.

  • Nunca aceitar levar desaforo para casa;
  • Ter hábito de gritar;
  • Dificuldade em esquecer-se de um evento que provocou raiva;
  • Se arrepender das ações após a briga;
  • Colecionar desafetos;
  • Mudança repentina no estado emocional;
  • Sempre falam negativamente sobre o seu temperamento;
  • Toma atitudes radicais no momento da raiva.

Se você apresenta pelo menos a metade dos sinais acima, há possibilidade de você estar enfrentando a síndrome do pavio curto e por isso precisa aprender a se controlar.

Leia também: Os 4 pilares da Inteligência Emocional

Por que uma pessoa tem o pavio curto?

Pessoas com pavio curto geralmente aprenderam a se defender agredindo, seja verbalmente ou até fisicamente.

Nesse sentido, costumo sempre dar o exemplo de um cão que desde filhote foi chutado.

É provável que este animal tenha ficado agressivo e como resultado sempre ataca ferozmente quando se sente ameaçado.

É claro que o ser humano tem uma mente mais complexa, no entanto a agressividade é uma reação instintiva de defesa … E sempre que você se sentir ameaçado ou injustiçado ficará agressivo.

O medo e a insegurança geralmente são componentes que estão na base dos comportamentos explosivos. Por medo de não saber lidar com a situação ou de não ser capaz de se defender, a pessoa tende a demonstrar toda a sua bravura.

Além disso, pessoas muito sensíveis tendem a se comportar com ataques de raiva, uma vez que sempre se consideram injustiçadas e possuem dificuldade em lidar com isso.

Exemplos de comportamentos explosivos

» A namorada ataca o namorado com ofensas verbais … Por achar que está sendo humilhada na relação.

» O homem que discute feio com o cara que pegou a sua vaga de estacionamento … Por char que foi feito de idiota.

» A mulher que acha que ninguém vai respeitá-la no ambiente de trabalho … E tem um ataque de fúria para demonstrar toda a sua valentia.

Leia também: Como elevar o seu autocontrole e sempre agir com a razão

3 dicas para controlar a explosão de raiva

Em primeiro lugar, as dicas abaixo ajudam, mas se este problema realmente está afetando negativamente a sua vida … Considere procurar a ajuda de um profissional especializado.

1. Controle os primeiros 40 segundos da raiva

Controlar explosões de raiva

Quando algo te deixa com raiva, a sua mente automaticamente se conecta ao seu sistema cognitivo de autodefesa e neste momento inicia-se o processo de explosão de emoções …

Isso ocorre por aproximadamente 40 segundos, e se você consegue se controlar durante este tempo, provavelmente não terá o ataque de raiva.

São 40 segundos que podem mudar completamente o seu dia ou até a sua vida … Afinal, já pensou em quantas pessoas já perderam o emprego, o amor da vida, amigos e até foram assassinadas por ter perdido o controle.

Controlar a raiva é uma questão de qualidade de vida e até de segurança, por isso vale a pena ter um esforço para resistir 40 segundos sem entrar em processo de fúria.

Sempre que começar a ficar com raiva, desvie imediatamente o seu pensamento … Por exemplo, comece a pensar na sua última viagem de férias ou no que quer comer no jantar.

A raiva é um sentimento automático e no inicio será difícil, mas na medida em que for exercitando conseguirá naturalmente controlar os seus instintos nervosos.

Leia também: Os 5 pilares psicológicos para ser mais autoconfiante

2. Pense sobre os pensamentos

Ficar calmo

É isso mesmo, os pensamentos estão por trás do seu comportamento explosivo. Como explicado anteriormente, pessoas com pavio curto tendem a se sentir indefesas ou injustiçadas, como resultado acabam atacando.

Sendo assim, se você não se sentir injustiçado com a situação, certamente não terá o ataque de raiva. Confira um exemplo:

Situação: Uma pessoa bateu no seu carro

Pensamento automático disfuncional: “Ela vai me dar prejuízo e me fazer de idiota”

Reação: Agressividade

Como deverá pensar:

Ainda não conheço o caráter da pessoa, além disso ninguém quer provocar um acidente de propósito … Foi um erro e vamos resolver tudo de maneira amistosa.

Reação: Conversar para resolver o problema.

Logo, a maneira de pensar sobre o fato modifica toda a cadeia de pensamentos e consequentemente a sua maneira de lidar com a situação.

Leia também: Como atrair dinheiro e mulheres com o poder da mente

3- Alivie o seu stress

Alivio de stress

O alto nível de stress contribui significativamente para a síndrome do pavio curto.

Devido a correria do dia a dia, as pessoas estão mais estressadas, por isso encontram maiores dificuldades em controlar as emoções.

Na maioria das vezes você encontrará do outro lado alguém que também sofre de stress, por isso procure ser o lado equilibrado da situação.

Muitas vezes a pessoa até se aproxima de forma agressiva, mas um sorriso e a sensatez na conversa pode mudar imediatamente o estado de humor dela e evitar uma briga desnecessária.

Confira algumas dicas para diminuir o stress.

  • Saiba que as vezes é melhor ter paz do que razão;
  • Durma bem;
  • Se alimente adequadamente;
  • Evite discussões desnecessárias;
  • Evite ficar pensando em situações ruins que já passaram;
  • Procure fazer algo que te acalme como ler um livro, tocar um instrumento musical.

Lembre-se, a sua vida é incrível e você tem muitos motivos para ser feliz …. Por isso não vale a pena perder tempo e dinheiro com stress desnecessário.

Leia também: Como aliviar o stress e ser um homem mais tranquilo!

Conclusão

E com estas dicas simples você aumenta de maneira significativa as chances de conseguir se controlar diante de situações aborrecedoras … E pode ter certeza que só terá benefícios com a sua nova postura.

O mundo já está complicado demais, você não pode mudar as pessoas, mas pode mudar a sua reação diante dos fatos e tornar o mundo um lugar melhor.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Arce, E. & Santisteban, C. (2006). Impulsivity: a review. Pscothema, 18(2), 213-220.

Stanford, M. S., Mathias, C. W., Dougherty, D. M., Lake, S. L., Anderson, N. E. & Patton, J. H. (2009). Fifty years of Barratt Impulsiveness Scale: an update and review. Personality and Individual Differences, 47, 385-395.

Sadock BJ, Sadock VA. Compêndio de psiquiatria: ciência do comportamento e psiquiatria clínica. 9a7aa ed. Porto Alegre: Artmed; 2007. 

Leave a Reply

» EBOOK: As 11 Leis Para Conquistar Mulheres

x