Inteligência emocional: Os 4 pilares para ser um vencedor

Inteligência-emocional

Antes de começar a leitura do artigo, aproveite para baixar o eBook grátis do Homem Alpha. CLIQUE AQUI e faça o download agora.

Voltando ao assunto inteligência emocional, um homem que é emocionalmente poderoso tem vantagens consideráveis em todas as esferas de seu cotidiano. Nos relacionamentos e nos aspectos profissional ou social.

Mas, antes você precisa saber o que é…

Inteligência emocional

Trata-se da capacidade de autogestão das emoções, ou seja, em agir de maneira racional e objetiva.

Isso traz larga vantagem psiciológica. Porque, ao contrário da grande maioria das pessoas que são controladas por seus impulsos, o Alpha tem controle absoluto sobre sua mente.

E isso é bem prático. Um homem emocionalmente instável, por exemplo, desrespeita a sua namorada com palavras duras e isso traz consequências dolorosas. Porém, um homem com inteligência emocional saberá ser firme,mas sem perder a elegância.

Na área profissional, quem tem suas emoções sob controle consegue agir com frieza e ousadia. Isso impede que a empolgação lhe faça meter os pés pelas mãos.

E estes são apenas alguns exemplos do poder da inteligência emocional na construção de um homem emocionalmente estável, que se utiliza de suas emoções positivas para chegar a seus objetivos.

Principais emoções negativas e comportamentos de uma pessoa emocionalmente instável

E para saber se portar diante dos desafios da vida, é fundamental saber identificar os pontos emocionais que demonstram que um homem é instável emocionalmente. Confira:

– Ansiedade;

– Impulsividade;

– Descontrole emocional;

– Medo;

– Insegurança;

– Raiva;

– Ciúmes;

– Inveja;

– Sentimento de inferioridade;

– Sentimento de superioridade;

– Arrogância;

– Insensibilidade;

– Egoísmo;

– Prepotência.

Principais emoções e comportamentos positivos de quem tem inteligência emocional

Também é importante identificar os bons sentimentos, que são aqueles que conduzem a mente de um Alpha. Veja quais:

– Bom humor;

– Empatia;

– Controle emocional;

– Serenidade;

– Confiança;

– Ousadia;

– Não se sente inferior ou superior a ninguém;

– Humildade;

– Motivação;

– Energia positiva;

– Pensa no grupo;

– Cordialidade;

– Amorosidade.

Os 4 pilares da inteligência emocional

Para ser um homem com inteligência emocional, é fundamental que você adquira na sua personalidade os seguintes pilares comportamentais.

Pilar 1 – Autoconhecimento

Este é o pilar onde você deverá desenvolver as suas habilidades de conhecimento sobre seus pontos fortes e fracos.

Conhecer os seus pontos fortes é importante para que consiga usá-los em seu benefício. Por exemplo, se você é atraente fisicamente, poderá valorizar isso para conseguir um relacionamento ou até mesmo um emprego.

Outro exemplo de ponto forte é a habilidade de se comunicar. Também é um fator que pode ser explorado na busca de uma posição profissional ou na conquista de uma mulher.

Além disso, conhecer os pontos fracos é importante para saber como lidar com eles ou tentar eliminá-los. Se você, por exemplo, sabe que é emocionalmente instável, poderá reverter a situação. Terá consciência que a psicoterapia será indispensável, porque a instabilidade pode te prejudicar amplamente.

Para facilitar a auto-análise, é importante que você faça uma lista com todos os seus pontos fortes e fracos. A partir disso, leia esta listagem todos os dias, até ter plena consciência do que deve ser usado como benefício e aquilo que precisa ser melhorado.

Pilar 2 – Inteligência social

Este é o pilar do relacionamento interpessoal. Afinal, quanto mais qualificadas forem suas conexões, mais oportunidades você terá em todas as áreas de sua vida.

E isso é fundamental, pois, na sociedade atual, quem faz sucesso é aquele que está bem relacionado. E se você tem poucos amigos e contatos, pode ter certeza que as coisas serão bem mais difíceis para você. E não estou me referindo a números apenas, e sim de qualidade no seu círculo social, ou seja, em ter pessoas engajadas com você.

Mas é preciso também estar atento em relação à qualidade desse engajamento. Veja algumas formas bastantes comuns no nosso cotidiano:

3 formas comuns de se desenvolver relacionamentos dentro do segundo pilar

Há basicamente três formas de troca na maneira de nos relacionarmos. E elas se aplicam a todas as formas de relacionamento. Veja como funcionam:

  1. Perde-ganha. Nesse caso, você estará dando muito para as pessoas e exigindo pouco em troca. É uma posição desconfortável, pois será o homem dos favores e na hora que mais precisar ficará na mão. Isso ocorre porque construiu um círculo social com pessoas que querem apenas tirar vantagem de você;
  2. Por outro lado, se construir seus relacionamentos baseado no ganha-perde, em pouco tempo as pessoas perceberão que você quer apenas tirar vantagens delas e se afastarão. Logo, seu círculo social não será sólido;
  3. Logo, a política mais saudável de troca nos relacionamentos é a do ganha-ganha. Com ela, você busca alguma coisa nas pessoas, mas também está disposto a oferecer algo.

Resumindo, ter inteligência social é uma questão de se engajar nos projetos e sonhos de outras pessoas. Mas, ao mesmo tempo, tem habilidade para que façam parte de suas metas e objetivos.

Pilar 3 – Liderança

As pessoas não seguem perdedores, e sim líderes. Mas, a capacidade de liderança muitas vezes é confundida com autoritarismo, sendo que é exatamente o contrário: um líder não força pessoas a segui-lo. É seguido porque transmite segurança e todos têm a sensação de que segui-lo é o melhor a ser feito.

Digamos, por exemplo, que um grupo de pessoas esteja perdido em um floresta cheia de perigos e sem alimento. Nesse caso, pode existir alguém com uma arma na mão e que obriga todos a buscarem um caminho e dá as ordens. Este é o chefe (aquele que usa o cargo como arma para dar ordens).

O líder é exatamente outro tipo de homem. É aquele que as pessoas automaticamente querem seguir, por sentirem que terão mais chances de sobreviver estando com ele.

O líder tem o respeito natural sem precisar usar a força. Todos sentem prazer e orgulho em segui-lo.

Pilar 4 – Gestão de emoções

As emoções podem ser aliadas ou inimigas, mas isso depende da forma como cada um as gerencia. O medo, ansiedade e insegurança são exemplos de emoções negativas que impedem a qualquer um de agir.

Por outro lado, emoções positivas, como a motivação, fazem com que se tenha toda a energia necessária para a conquista dos objetivos pessoais e profissionais.

Enfim, gerir bem as próprias emoções é algo que você precisa para ser um cara realmente bem sucedido.

E a melhor maneira de gerir as emoções é aprender a conhecê-las. Para isso é importante buscar um processo de autoconhecimento, como estratégias mentais, PNL e busca de uma psicoterapia.

Enfim, estes são os principais pilares da inteligência emocional. Basta agora que você os coloque em prática para se autodesenvolver e aumentar as chances de conquista de seus objetivos.

E se você gostou deste artigo, e da maneira que este site aborda os assuntos masculinos. Não deixe de fazer o download grátis do eBook Homem Alpha.

2 Comments

  1. Anon da facul
  2. Anônimo

Leave a Reply