Depressão masculina: sintomas, causas e tratamentos

Depressão masculina

Segundo a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), a depressão masculina ou tristeza patológica, ocupa o 1° lugar geral entre as patologias impactantes, ficando atrás apenas das doenças cardiovasculares.

Trata-se, dessa forma, de um problema grave e muitas vezes silencioso.

As 11 Leis Para Ter Sucesso na Conquista ..... DOWNLOAD GRÁTIS!

Informações sobre a depressão masculina

  • Estima-se que mais de 300 milhões de pessoas em todo mundo sofrem com este transtorno;
  • É a doença mais incapacitante do mundo;
  • Mulheres são mais afetadas que os homens;
  • Em casos severos pode levar ao suicídio;
  • Existem diversos tratamentos psicológicos e farmacológicos para a depressão masculina.

Fonte: Organização Panamericana de Saúde (OPAS).

Depressão X Tristeza

Muitos confundem depressão com tristeza, mas são totalmente distintas. A tristeza é uma variação passageira de humor que ocorre geralmente após um evento negativo (perda de um familiar, ou término de relacionamento, por exemplo). A depressão é algo contínuo, profundo e impactante, caracterizando-se como uma grave psicopatologia.

Tipos de depressão

Episódio Depressivo maior (EDP)

A depressão pode ser do tipo Episódio Depressivo Maior (EDP), o tipo mais comum da depressão, apresentando pelo menos 5 dos 8 sintomas abaixo.

  • Diminuição no prazer ou interesse nas atividades cotidianas;
  • Pensamentos sobre a possibilidade de morte;
  • Ideias de autoextermínio (suicídio);
  • Humor deprimido;
  • Perda ou ganho de peso;
  • Sentimento de desvalia;
  • Sentimentos de culpa;
  • Redução da concentração.

Depressão bipolar

Neste caso o humor do indivíduo alterna-se entre episódios de tristeza profunda com grande irritabilidade para momentos de euforia e grande excitação.

Porém, diferentemente do que muitos pensam, variações repentinas de humor não se caracterizam como bipolaridade.

Uma pessoa que acorda bem-humorada e que depois do almoço apresenta um péssimo humor não pode ser diagnosticada como bipolar. Essa forma de tristeza patológica é caracterizada pela alternância de longos episódios entre depressão e excitação (mania).

Outros tipos de depressão

  • Depressão provocada por drogas ou medicamentos;
  • Distimia (transtorno depressivo persistente);
  • Depressão com sintomas psicóticos;
  • Transtorno disfórico pré-menstrual;
  • Transtorno afetivo sazonal;
  • Depressão pós-parto.

Leia também: Eu preciso de um Coach, Mentor ou Psicólogo?

Impactos da depressão

O desânimo provoca consequências negativas e incapacitantes nas esferas pessoal, profissional, social, cognitiva e nos relacionamentos afetivos. Como consequência, apresenta as seguintes dificuldades:

  • Vida social limitada (solidão);
  • Problemas nos relacionamento com familiares (afastamento)
  • Baixo desenvolvimento profissional (desmotivação);
  • Dificuldades financeiras (desorganização);
  • Dificuldades de aprendizado (procrastinação e falta de vontade);
  • Problemas nos relacionamento afetivos (mau humor, tristeza).

Causas da tristeza patológica

Causas da tristeza no homem

De acordo com o modelo cognitivo-comportamental, desenvolvido por Aaron Beck, a base da depressão é um sistema de pensamentos construídos a partir de crenças negativas sobre si, do mundo, dos outros e do futuro.

Confira abaixo a lista de crenças e distorções cognitivas que desenvolvem a tristeza:

Visão negativa de si mesmo: “sou uma pessoa chata”, “sou feio e desinteressante”, “sou incapaz de vencer o meu desânimo”.

Visão negativo do mundo: “as pessoas não gostam de mim”, “o mundo é um lugar ruim”, “ninguém respeita um depressivo”.

Visão negativa do futuro (desesperança): “as coisas nunca vão melhorar”, “nunca vou conseguir ser feliz”, “jamais deixarei de ser uma pessoa depressiva”.

Distorções cognitivas de pessoas deprimidas

Personalização: responsabilizar-se por todos os eventos negativos que vivencia. “Eu fui o culpado por ela me trair”.

Filtro do negativo: enxergar apenas os aspectos negativos de uma situação. “Todos gostaram de mim na festa, exceto a Gabriele que deve ter me achado uma pessoa sem graça”.

Catastrofização: considerar como catástrofe eventos simples da vida. “Ela me deu um fora, devo ser feio e desinteressante. Que grande vergonha, eu sou um desastre como homem”.

Supergeneralização: considerar que um evento isolado poderá ocorrer sempre. “Fui traído na infância pelo meu melhor amigo, todos os amigos vão me trair”.

Raciocínio emocional: pensar de acordo com o que sente, sem a consideração de argumentos irracionais. “Eu sinto que as pessoas não gostam de mim”.

Leia também: Como um Mental Coach pode te ajudar a melhorar a sua vida

Tratamentos psicológicos para a depressão masculina

Tratamento psicológico para depressão masculina

O tratamento mais indicado para a tristeza masculina é através da Terapia Cognitivo-Comportamental, uma vez que esta ciência se baseia na identificação e modificação das crenças disfuncionais.

Basicamente o psicólogo especializado em TCC se valerá de técnicas para que você consiga abandonar uma maneira rígida e disfuncional de pensar sobre si mesmo, o mundo e o futuro. Então, aumentará o seu repertório cognitivo. As principais técnicas são:

  • Técnicas de relaxamento;
  • Questionamento socrático;
  • Treino de assertividade;
  • Autoinstrução;
  • Treino de habilidades sociais;
  • Solução de problemas;
  • Dessensibilização sistêmica;
  • Exposição gradativa.

Outras psicoterapias no tratamento da depressão masculina, além da terapia cognitivo-comportamental

  • Psicanálise;
  • Terapia Analítico-comportamental (Behaviorismo);
  • Gestalt Terapia;
  • Psicodrama;
  • Existencial-Humanista;
  • Sistêmica;
  • Fenomenologia.

Leia também: 3 Atitudes simples para ter uma autoestima elevada!

Tratamentos psicofármacos

medicamentos antidepressivos

Em conjunto com a psicoterapia, quando se trata de quadros mais profundos de depressão, o tratamento farmacológico também é indicado em conjunto com a psicoterapia. O que aumenta a efetividade na redução dos sintomas depressivos.

A serotonina e a tristeza

É importante destacar que na tristeza patológica também estão envolvidas causas biológicas, sendo um problema na disponibilidade do neurotransmissor, serotonina. Essa substância é responsável pela sensação de bem-estar física e mental.

Principais medicamentos antidepressivos

Os episódios depressivos são tratados farmacologicamente por meio de antidepressivos. Confira abaixo os mais comuns disponíveis no mercado:

  • Imipramina;
  • Clomipramina;
  • Amitriptilina;
  • Desipramina;
  • Nortriptilina;
  • Fluoxetina;
  • Paroxetina;
  • Citalopram;
  • Escitalopram;
  • Sertralina;
  • Venlafaxina;
  • Duloxetina;
  • Mirtazapina.

Leia também: Os 5 pilares psicológicos para aumentar a sua autoconfiança

Tratamentos paralelos para tratar episódios depressivos

Além dos tratamentos psicológicos e farmacológicos, há outras opções popularmente conhecidas para redução dos sintomas:

  • Massagem;
  • Yoga;
  • Atividades físicas;
  • Atividades coletivas;
  • Acupuntura;
  • Reiki;
  • Cromoterapia;
  • Hipnose.

Leia também: 15 dicas rápidas para ter uma vida plena e feliz

No entanto é importante ter atenção em relação a não comprovação cientifica dos efeitos terapêuticos de tratamentos paralelos.

Isso não significa que sejam disfuncionais, mas não há testes empíricos capazes de comprovar o efeito terapêutico na redução dos sintomas. Portanto, como a depressão é um problema sério, torna-se indispensável a consulta a um psicólogo.

Agora você tem todas as informações possíveis sobre o problema, e se quiser mais conteúdos sobre como buscar o equilíbrio mental, não deixe de acessar grátis mais conteúdos aqui do site.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Beck, A. T., Rush, A. J., Shaw, B. F., & Emery, G. (1997). Terapia cognitiva da depressão (S. Costa, Trad.). Porto Alegre: Artes Médicas. (Trabalho original publicado em 1979).

AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. DSM-IV. Manual Diagnóstico e Estatítico de Transtornos Mentais. Porto Alegre : ARTMED, 2002, 4a. ed.

ORGANIZAÇÃO PANAMERICANA DE SAÚDE. Folha informative – Depressão. Disponível em: < https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5635:folha-informativa-depressao&Itemid=1095/> Acesso em:  25 de julho de 2019.

Leave a Reply

» EBOOK: 11 Segredos Rápidos Para Seduzir Mulheres

x